A) DEFENDER A ÉTICA, A DEONTOLOGIA E A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DOS SEUS MEMBROS, COM O INTUITO DE ASSEGURAR E FAZER RESPEITAR O DIREITO DOS UTENTES A UMA PODOLOGIA QUALIFICADA;

B) FOMENTAR E DEFENDER OS INTERESSES DA PODOLOGIA A TODOS OS NÍVEIS, NOMEADAMENTE ZELANDO PELA FUNÇÃO SOCIAL, DIGNIDADE E PRESTIGIO DA PODOLOGIA E PELA SEGURANÇA SOCIAL;

C) PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DA CULTURA PODOLÓGICA, COLABORANDO NA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE EM TODOS OS ASPECTOS, NOMEADAMENTE NO ENSINO DA PODOLOGIA E CARREIRAS RESPECTIVAS;



D) DAR PARECER SOBRE AS DIVERSAS MATÉRIAS RELACIONADAS COM O ENSINO E EXERCÍCIO DA PODOLOGIA, BEM COMO COM A ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS QUE SE OCUPAM DESTE RAMO DE SAÚDE, SEMPRE QUE JULGUE CONVENIENTE FAZÊ-LO JUNTO DAS ENTIDADES OFICIAIS COMPETENTES OU QUANDO POR ESTAS FOR CONSULTADA;

E) DEFENDER O CUMPRIMENTO DA LEI E DO PRESENTE ESTATUTO, NOMEADAMENTE NO QUE SE REFERE À PROFISSÃO E AO TÍTULO DE PODOLOGISTA, E ACTUANDO JUDICIALMENTE, SE FOR CASO DISSO, CONTRA QUEM O USE ILEGALMENTE;



F) PROMOVER A QUALIFICAÇÃO DOS PODOLOGISTAS E PARTICIPAR ACTIVAMENTE NO ENSINO PÓS-GRADUAÇÃO;

G) ATRIBUIR O TÍTULO PROFISSIONAL DE PODOLOGISTA E REGULAMENTAR O EXERCÍCIO DESTA PROFISSÃO;

H) ATRIBUIR TÍTULOS DE ESPECIALIDADE, DE ACORDO COM A REGULAMENTAÇÃO APLICÁVEL.